Últimos dias para aproveitar os melhores descontos do ano 

0

0

Dias

0

0

Horas

0

0

Minutos

0

0

Segundos


Efeito do jejum intermitente sobre obesidade, controle do diabetes e doenças cardiovasculares

Celia Regina E. P. S. Sampaio

30/04/2021

Atualizado em30/04/2021

2 min

Destaques

  • Redução de injestão calórica reduz fatores de risco para doença cardiovascular

  • Jejum intermitente mostra benefícios extras para redução dos fatores de risco em relação a apenas restrição calórica

  • Efeito benéfico do jejum intermitente relacionado a cetose, produzida após 8-12 horas de restrição alimentar

Efeito do jejum intermitente sobre obesidade, controle do diabetes e doenças cardiovasculares

Em artigo de 1997 a redução de acessibilidade a alimentos (restrição calórica), em animais, mostrou impactos em sua longevidade e vida útil. Inicialmente, tal fato foi atribuído a redução na produção de radicais livres, pela restrição calórica. Entretanto, foi observado que ração fornecida aos roedores era rapidamente ingerida, levando a longos períodos de jejum e consequente cetose. Neste contexto, verificou-se que o jejum intermitente, mantido rotineiramente, provocava interações benéficas na regulação do metabolismo da glicose, na resistência ao estresse e redução de inflamação.

Durante o jejum, são ativadas vias metabólicas que realçam defesas intrínsecas contra o estresse oxidativo e reparam danos moleculares. E como o jejum intermitente altera a via metabólica habitual? Durante a ingestão alimentar, a glicose é utilizada para produção energética e os triglicérides são armazenados nas células adiposas. Durante o jejum os triglicérides são transformados em ácidos graxos e glicerol, que por sua vez são convertidos no fígado, em corpos cetônicos, para maior produção de energia, principalmente para o cérebro. O aparecimento de corpos cetônicos no sangue humano ocorre em cerca de 8 a 12 horas de jejum, definindo, portanto, um período mínimo apropriado para o jejum intermitente. Vale lembrar que o jejum deve ser progressivo, respeitando a fisiologia e tolerância individual e acompanhamento médico e com nutricionista. Especial atenção aos diabéticos e obesos, que se por um lado são os que mais se beneficiam, por outro podem apresentar efeitos colaterais se não acompanhados adequadamente.

Além dos corpos cetônicos e ácidos graxos serem eficientes produtores de energia para as células, os mesmos são reguladores da expressão de diversas proteínas que sabidamente influenciam a saúde e longevidade, além de genes de ativação neural, com importante impacto em neurologia e psiquiatria.

O jejum intermitente habitual, frequentemente indicado para duas vezes na semana, promove mudanças duradouras nas respostas metabólicas, gerando uma “resistência” a eventuais situações de estresse desafiadoras que venham a ocorrer no futuro, como, por exemplo, doenças.

São efeitos do jejum intermitente:

1) Redução de obesidade

2) Redução da resistência a insulina

3) Redução de níveis de lipídeos

4) Auxílio no controle da hipertensão arterial sistêmica

5) Redução na inflamação sistêmica

Comparando grupos de estudo que submeteram à restrição calórica tradicional versus o   jejum intermitente, acompanhados por 6 meses, observou-se redução ponderal semelhante, nos dois grupos. Entretanto, houve maior queda da resistência a insulina e menores valores de circunferência abdominal no grupo com jejum intermitente.  Estudos recentes mostram também ganhos cognitivos consistentes em múltiplos domínios, especialmente na memória.

Outros efeitos relevantes são redução de inflamação, do estresse oxidativo, Ainda, há estudos que mostram influência na variabilidade RR, mostrando  ativação do tônus parassimpático. Todos aspectos supracitados concorrem para influenciarmos a evolução da doença aterosclerótica e seu impacto na mortalidade cardio e cerebrovascular, melhora nas funções cognitivas, qualidade de vida e longevidade.


Referências

Effects of Intermittent Fasting on Health, Aging, and Disease

Rafael de Cabo, Mark P. Mattson — Publicado em 25/12/2019New England Journal of Medicine

DOI: 

10.1056/NEJMra1905136

Mídias

Celia Regina E. P. S. Sampaio

CRM: 72496-SP

Black November Card

Parcerias:

logo GrupoFleury
logo MIT
logo Philips
logo Hospital Sírio-Libanês
logo Saude Id
logo Cannect
logo BricNet

A Pupilla

Siga nossas redes