Sábado é dia de multivacinação e Dia D contra a poliomelite!

Flávia Almeida

19/08/2022

Atualizado em17/08/2022

3 min

O Programa Nacional de Imunização (PNI) prevê para o próximo sábado, 20 de agosto de 2022, a realização das campanhas nacionais de multivacinação e de combate à poliomelite (Dia D).

 

A vacinação é uma das intervenções de saúde pública mais eficazes, custo-efetivas e que salvam vidas. Graças às vacinas, a varíola foi erradicada do mundo em 1980, e a Região das Américas foi a primeira do planeta a eliminar doenças como poliomielite (1994), rubéola e síndrome da rubéola congênita (2015), além do tétano neonatal (2017).

No entanto, a alta taxa de cobertura vacinal, que sempre foi uma característica do Brasil reconhecida internacionalmente e responsável pelo controle e eliminação dessas e de outras doenças, vem caindo nos últimos anos, deixando milhões de pessoas em risco.

Contudo, desde 2015, tem sido detectada uma progressiva queda das coberturas vacinais para poliomielite, menores que 95% (Tabela 1) e heterogêneas, podendo levar à formação de bolsões de pessoas não vacinadas, de modo a possibilitar a reintrodução do poliovírus selvagem (PVS), além do surgimento de poliovírus derivado vacinal (PVDV). De 2015 a 2021, o número de crianças vacinadas com a primeira dose contra a poliomielite caiu de 3.121.912 para 2.089.643. Já para a terceira dose, no mesmo período, os números reduziram de 2.845.609 para 1.929.056. Este cenário foi intensificado no contexto da pandemia de Covid-19, tanto no que se refere às baixas coberturas vacinais quanto ao alcance dos indicadores de Vigilância Epidemiológica das Paralisias Flácidas Agudas (VEPFA).







Campanha Nacional de Multivacinação e Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomelite

 

A adoção de estratégias adicionais para o resgate e a vacinação das pessoas não vacinadas é fundamental. O Programa Nacional de Imunizações (PNI) realizará a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação de menores de 15 anos de idade, no período de 8 de agosto a 9 de setembro de 2022, sendo 20 de agosto o dia “D” de divulgação e mobilização nacionais.

O objetivo da campanha é unir esforços para conscientizar a população do Brasil sobre a importância de aumentar a cobertura vacinal. Com isso, será possível prevenir mais de 30 doenças potencialmente mortais e proteger gerações inteiras de famílias e comunidades ao longo de todo o curso de vida.


Nesse sentido, vale lembrarmos que a multivacinação (Figura 1) é uma estratégia que tem diferentes finalidades:


Figura 1. Finalidades da multivacinação.







ATENÇÃO! As campanhas de vacinação coincidirão com a realização da vacinação contra a COVID-19, já em andamento. As vacinas COVID-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de 3 anos de idade.  








Retorno de transmissões autóctones


A imunização insuficiente também resultou no retorno do sarampo ao Brasil. O país havia ficado livre da transmissão autóctone (que ocorre dentro do território nacional) do vírus causador dessa doença em 2016. Porém, a combinação de casos importados de sarampo com a baixa cobertura vacinal levou o Brasil a ter um surto, que, desde 2018, causou 40 mortes.

 

Reforçamos que o engajamento dos profissionais de saúde, em especial dos pediatras, bem como da população, é fundamental para o Brasil se manter livre de doenças que podem levar à morte ou deixar sequelas. Vacinar é um ato de carinho!

 






Referências

1.     MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações. Informe técnico. CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A POLIOMIELITE E MULTIVACINAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO DA CADERNETA DE VACINAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. 2022. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/c/calendario-nacional-de-vacinacao/informes-tecnicos/informe-tecnico-campanha-nacional-de-vacinacao-contra-a-poliomielite-e-multivacinacao-para-atualizacao-da-caderneta-de-vacinacao-da-crianca-e-do-adolescente

2.     Poliomielite – Atenção à cobertura vacinal. Disponível em: https://www.pupilla.com/@flavia.almeida/poliomielite-atencao-a-cobertura-vacinal-586

3.     Alerta SARAMPO - Situação epidemiológica do sarampo no Brasil. Disponível em: https://www.pupilla.com/@flavia.almeida/alerta-sarampo-situacao-epidemiologica-do-sarampo-no-brasil-616






Você também pode se interessar por:

1. Avaliando o risco-benefício das vacinas de COVID-19 para crianças e adolescentes.

2. Poliomielite – Atenção à cobertura vacinal.

 

 













Mídias

  • https://cdn.cosmicjs.com/52047120-1fc3-11ed-a5bd-ef15a2e468ca-rsz_1vacinação_e_poliomelite.png

Tags

VACINAÇÃO
PEDIATRIA

Flávia Almeida

Infectologia

CRM: 91434-SP

Médica formada pela Universidade de Mogi das Cruzes, com residência em Pediatria e Infectologia Pediátrica pela Santa Casa de São Paulo, doutorado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Professora assistente de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Médica assistente da Infectologia Pediátrica do Departamento de Pediatria da Santa Casa de São Paulo.

Parcerias:

logo GrupoFleury
logo MIT
logo Philips
logo Saude Id
logo BricNet
logo Cannect
logo Hospital Sírio-Libanês

A Pupilla

Siga nossas redes